Como tratar Câncer de Colo de Útero

O Câncer de Colo de Útero é uma lesão intrauterina invasiva principalmente ocasionada pelo HPV, o papilomavírus humano. O câncer de colo de útero é o segundo tumor mais frequente em mulheres, atrás apenas do câncer de mama.

TRATAMENTO CANCER COLO DE UTERO
Como tratar câncer de colo de útero

Aprenda como Tratar Câncer de Colo de Útero

Existe vários tratamentos para o câncer do colo de útero, e o procedimento escolhido vai depender do estágio em que o tumor se encontra, se há a existência de metástases da doença, da idade e do estado de saúde geral da paciente.

Veja a seguir cada tipo de tratamento:

Crioterapia

Nesse procedimento, o médico coloca um aparelho através da vagina da mulher, a fim de congelar a região doente, matando as células com câncer. Esse procedimento é particularmente indicado para tratar o câncer invasivo, mas não as células pré-cancerosas.

Cirurgia a laser

Nesse procedimento, a região alterada será queimada com um laser, que também pode ser utilizado para coletar amostras para a biópsia. O procedimento somente é utilizado para tratar as lesões pré-cancerosas, mas não o câncer invasivo.

Conização

O procedimento consiste na retirada de uma pequena parte em formato de cone do colo do útero, para então fazer a biópsia e o médico indicar um tratamento que complemente.

Histerectomia

É uma cirurgia que pode ser utilizada nas fases iniciais ou mais avançadas do câncer, e se divide em duas formas:

* Histerectomia total: cirurgia que remove apenas o útero e o colo do útero

* Histerectomia radical: procedimento onde, além de remover o útero e o colo do útero, também são removidos a parte superior da vagina e tecidos próximos ao útero, que podem também estar sendo afetados pelo câncer.

A escolha do tipo de histerectomia é feita com base no estágio do tumor.

Traquelectomia radical

É um procedimento parecido com o da histerectomia, mas a diferença é que apenas é removido a parte superior da vagina e o colo do útero, fazendo com que a mulher possa ainda engravidar. A gestação deve ser acompanhada pelo obstetra e o parto deve ser cesáreo.

Enxeteração pélvica

Essa é uma cirurgia muito mais extensa, indicada para casos onde o câncer voltou e atingiu outras áreas. São retirados o útero, o colo do útero, os gânglios da pélvis, e também pode ser retirados ovários, trompas, vagina, bexiga e parte final do intestino.

Radioterapia e quimioterapia

São usados especialmente quando o câncer está em estágio avançado ou quando há metástases do tumor. A radioterapia e a quimioterapia podem ser feitas antes ou depois dos procedimentos cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *